como calcular a idade de um cachorro
Como calcular a idade de um cachorro?
09/05/2024
O que são Testes Genéticos e Epigenéticos?
28/05/2024

Lifespan e Healthspan: como eles impactam a saúde canina?

Nosso entendimento sobre a medicina veterinária e a ciência da longevidade tem avançado a passos largos. Por isso, os conceitos de lifespan e healthspan, que podem ser entendidos como expectativa de vida (lifespan) e tempo de vida saudável (healthspan), têm se tornado cada vez mais importantes nas discussões sobre a saúde canina. 

Embora esses termos sejam frequentemente usados de forma intercambiável, eles representam aspectos distintos da vida e do bem-estar de um cão. Discutiremos, a partir de agora, o que significam os termos lifespan e healthspan, como eles são fundamentais para os estudos de longevidade e por que focar em ambos é crucial para melhorar a qualidade de vida dos cães.

Lifespan e Healthspan: o que significam?

Lifespan, que aqui nós definiremos como a expectativa de vida, refere-se ao número total de anos que um cão vive, desde o nascimento até a morte. 

É uma medida básica de longevidade, indicando a idade máxima que um cão pode alcançar em condições ideais. Fatores que influenciam a expectativa de vida incluem genética, raça, ambiente, dieta e cuidados médicos.

Healthspan, por outro lado, refere-se ao período de vida de um cão livre de doenças graves ou incapacitantes. Esse conceito prioriza a qualidade de vida, não só os “anos totais”. 

tempo de vida saudável

O foco do healthspan, portanto, é contabilizar quanto tempo um cão pode manter boa saúde física e mental, mobilidade e a capacidade de realizar atividades diárias normais.

Saiba tudo sobre os últimos avanços da ciência da longevidade no Lifespan Brasil.

Lifespan e Healthspan em estudos de longevidade

Os estudos mais atuais conduzidos por especialistas e centros de pesquisa em longevidade visam estender tanto a expectativa de vida (lifespan) quanto o tempo de vida saudável (healthspan) dos cães. 

Esses estudos investigam os fatores biológicos, ambientais e de estilo de vida que contribuem para o envelhecimento e doenças. Ao entender esses fatores, os pesquisadores esperam desenvolver intervenções que possam prolongar a vida, ao mesmo tempo que melhoram a qualidade dessa vida prolongada.

Estudos focados no lifespan procuram maneiras de prevenir ou tratar condições ameaçadoras, como doenças cardíacas, doenças infecciosas, câncer e falência de órgãos. Avanços da medicina veterinária, incluindo o desenvolvimento de vacinas, medicamentos e técnicas cirúrgicas, aumentaram significativamente a expectativa média de vida dos cães nas últimas décadas.

Já os estudos focados no healthspan vão além, visando retardar o aparecimento de doenças relacionadas à idade e proporcionar saúde e vitalidade pelo maior tempo possível. 

As intervenções podem incluir uso de nutracêuticos e fármacos, programas de exercícios e tratamentos médicos que melhorem a saúde geral e previnam o declínio associado ao envelhecimento.

Medidas que aumentam o Lifespan 

Várias medidas de saúde veterinária contribuíram para o aumento da expectativa de vida canina, tais como:

  • Vacinações e cuidados preventivos: vacinações de rotina e medidas preventivas contra parasitas (pulgas, carrapatos e vermes) reduziram significativamente a incidência de doenças infecciosas que antes encurtavam a vida de muitos cães.
  • Nutrição: avanços na nutrição canina, incluindo o desenvolvimento de dietas comerciais balanceadas, adaptadas a diferentes estágios de vida e condições de saúde, melhoraram a saúde geral e a longevidade.
  • Tratamentos médicos: ferramentas diagnósticas e tratamentos melhorados para doenças como câncer, doenças endócrinas e condições cardíacas prolongaram a vida de muitos cães. Exames veterinários regulares permitem a detecção precoce e o manejo de problemas de saúde.

Medidas que aumentam o Healthspan

Enquanto a pesquisa científica continua a explorar maneiras de estender o tempo de vida saudável, há várias medidas práticas que os tutores podem adotar para promover uma vida mais saudável e longa para seus cães:

  • Exames veterinários regulares: agende visitas regulares ao veterinário para uma avaliação de saúde completa. A detecção precoce de problemas de saúde pode levar a um manejo e tratamento mais eficazes.
  • Nutrição balanceada: forneça uma dieta bem balanceada que atenda às necessidades nutricionais específicas do seu cão. Consulte seu veterinário para selecionar a melhor dieta com base na idade, raça, peso e condições de saúde do seu cão.
  • Exercício como parte da rotina: garanta que seu cão faça exercícios regulares adequados para sua idade e raça. A atividade física ajuda a manter um peso saudável, fortalece os músculos e apoia a saúde cardiovascular.
  • Estimulação mental: envolva seu cão em atividades que desafiem sua mente, como brinquedos de quebra-cabeça, exercícios de treinamento e brincadeiras interativas. A estimulação mental é importante para a saúde cognitiva e pode ajudar a prevenir o declínio relacionado à idade.
  • Peso sob controle: a obesidade pode levar a inúmeros problemas de saúde, incluindo doenças endócrinas, artrite e doenças cardíacas. Monitore o peso do seu cão e ajuste sua dieta e rotina de exercícios conforme necessário para manter um peso saudável. Se precisar, busque um veterinário com especialização em nutrologia.
  • Saúde bucal: o cuidado dental é frequentemente negligenciado, mas é crucial para prevenir infecções e manter a saúde geral. A escovação regular e os exames dentários podem prevenir a doença periodontal e outros problemas de saúde bucal.
  • Cuidados preventivos: mantenha-se atualizado com vacinas, controle de parasitas e medicamentos preventivos. Proteger seu cão de doenças e parasitas preveníveis é essencial para a saúde a longo prazo.
  • Nutracêuticos: discuta com seu veterinário se nutracêuticos com embasamento científico podem beneficiar seu cão. Produtos como glucosamina para a saúde das articulações, ácidos graxos ômega-3 para inflamação e taurina para a saúde geral podem ser benéficos.

Longevidade canina: o que está por vir?

À medida que a medicina veterinária avança, o foco está mudando para não apenas tratar doenças, mas também preveni-las e promover o bem-estar geral. O futuro da pesquisa em saúde canina é promissor, com várias áreas de estudo emocionantes

A medicina personalizada certamente é uma delas. Ter a oportunidade de personalizar tratamentos e medidas preventivas para a composição genética individual do cão, estilo de vida e estado de saúde pode melhorar os resultados e aumentar o tempo de vida saudável. 

Acompanhar os marcadores do envelhecimento por meio de relógios epigenéticos é outra medida interessante. 

Ao identificar biomarcadores específicos associados a processos biológicos de envelhecimento, podemos desenvolver intervenções direcionadas. Esses biomarcadores podem orientar decisões sobre dieta, exercícios e tratamentos médicos para retardar o envelhecimento e prevenir doenças.

Já mencionamos os nutracêuticos, que podem ter um papel decisivo na promoção da longevidade, mas não é só isso. 

A ciência da longevidade também está estudando alguns fármacos que impactam diferentes processos ligados ao envelhecimento, como os moduladores da via mTOR, entre outros. Essas drogas têm se mostrado promissoras em estudos com animais.

Conclusão

A distinção entre Lifespan e Healthspan é fundamental para a compreensão dos mecanismos que governam o envelhecimento. Embora o aumento da expectativa de vida canina já seja uma realidade, graças a avanços veterinários, o objetivo agora é garantir que esses anos extras sejam vividos com boa saúde e vitalidade. 

Você, tutor, tem um papel especial nisso tudo. Com cuidados adequados, nutrição, exercícios e exames veterinários regulares, é possível impactar positivamente o tempo de vida saudável do seu cão. 

Nós, da PetMoreTime, estamos aqui para garantir que a ciência te acompanhe em todos esses cuidados, garantindo que seu pet não só viva mais, mas tenha qualidade, alegria e disposição em todos os momentos ao seu lado.